Mutirão para cirurgias das mãos pelo SUS chega a Alagoas em setembro

Alagoanos que necessitam de cirurgias nas mãos, seja por causa de sequelas de acidentes, má formação congênita ou lesões por esforços repetitivos, contarão agora com uma grande oportunidade de realizá-las pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Graças a uma parceria firmada entre a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) e a Secretaria de Estado da Saúde, o projeto piloto Mãos em Ação terá início em setembro com o objetivo de realizar o primeiro mutirão de diagnóstico, notificação e prevenção de lesões nas mãos e membros superiores.

“Pela primeira vez, será possível ter conhecimento da real demanda por este tipo de cirurgia de alta complexidade no Estado”, afirma o ortopedista e cirurgião da mão Raimundo Araujo Filho, um dos médicos locais responsáveis pelo Mãos em Ação. “Até hoje, como não havia em Alagoas a notificação desses casos, os profissionais de saúde não tinham sequer condições de encaminhá-los corretamente para que pudessem obter tratamento”, explica.

Raimundo Araújo - mãos

Idealizado para ser itinerante, o projeto terá início em Maceió e Arapiraca e será realizado em duas etapas. Na fase inicial, nos dias 10 e 11 de setembro, será feito o diagnóstico dos casos, com consultas e exames promovidos por uma equipe de especialistas voluntários da SBCM profissionais e residentes locais em Maceió e Arapiraca. Já na segunda fase, serão realizadas as cirurgias, para os casos indicados, com apoio do INTO – Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia. Para participar, as pessoas só precisam comparecer no dia do evento, no local de realização do mutirão. Os atendimentos serão gratuitos e as cirurgias, se necessárias, também.

“Além da realização dos atendimentos e das cirurgias, o mutirão terá como objetivo conscientizar a população do Estado em relação aos acidentes mais comuns com as mãos e membros superiores e também orientar os médicos e profissionais de saúde sobre como proceder para que seja feito o atendimento especializado para estes casos”, diz Raimundo Araújo.

 

As patologias a serem atendidas são:
– Polidactilia
– Sindactilia
– Mão em fenda
– Ausência do polegar
– Mão torta radial
– Alongamento/Transporte ósseo da mão
– Lesões traumáticas de nervos periféricos
– Lesões compressivas de nervos periféricos
– Lesões do plexo braquial
– Tumores que necessitam cobertura ou cirurgia reconstrutiva
– Defeitos de cobertura que necessitam cobertura
– Osteomielite que necessitem reconstrução

Programação:
Consultas e exames
Data: 10/09 – os atendimentos serão realizados na cidade de Arapiraca, no Hospital CHAMA
Data: 11/09 – os atendimentos serão realizados em Maceió, no Hospital da Polícia Militar

Para participar, as pessoas só precisam comparecer no dia do evento, no local de realização do mutirão. Os atendimentos serão gratuitos e as cirurgias, se necessárias, também.

Raimundo Araújo - mutirão

Anúncios

Categorias: notícias de nossos clientes

Siga a a+mais

Acompanhe as mais recentes notícias de nossos clientes.

%d blogueiros gostam disto: